23 julho 2010

libertação pessoal - 23-07-2010 - araraquara- SP

você não me ouviria mais. primeiro me disseram " quem sabe o tempo ". que porra de tempo é esse, pensei, o tempo é cuzão pra caralho, porque com o tempo eu teria que aprender a não ouvir sua voz, eu teria que viver sem você, eu nunca achei que fosse conseguir . e digo isso porque eu não sabia, na época, que o amor era um conceito vasto (...)

09 julho 2010

para minha amiga renata

desculpe-me por tantas vezes ter negado aquilo nos tinha tanto valor: são paulo. essa cidade não é mais nossa, mas sua, e te dizer o que sinto fica cada vez mais complicado. não se esqueça de ter fé.




com amor,

hannah.

08 julho 2010

Pois o belo muda, o saber muda, a inteligência muda, a medida muda. Mas o desejo é inalterável.